segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Super-herói brasileiro

Muito antes do capitão/tenente nascimento reunir sua tropa, subir o morro e ainda botar na conta do Papa, outro personagem já protegia a sociedade brasileira dos bandidos. Trata-se do Capitão 7, interpretado pelo ator Ayres Campos.

A série criada em 1954 e exibida na tv record contava a história de Carlos, um químico que se transformava no poderoso Capitão 7 (o número da emissora em São Paulo) que podia voar, tinha super velocidade e uma grande força.


Origem do Capitão 7: O pequeno Carlos vivia em uma cidade do interior paulista. Um dia seus pais encontram um alienígena perdido e o ajudam. Em retribuição, ele leva o garoto para o Sétimo Planeta (lugar da onde veio e bem mais evoluído que a Terra). Carlos volta com seus poderes e então assume a alcunha de Capitão 7.

Namoradinha do herói: Todo super-herói tem uma namorada e o Capitão 7 não é exceção Silvana é o nome da moça. Ela era filha de um funcionário da Interpol (chique não?)

Arqui-inimigo: O nemesis do nosso paladino da justiça é o Caveira.


Depois da série de tv o personagem, que foi um dos primeiros super-heróis brasileiros, foi parar nos quadrinhos.


4 comentários:

Marcel Camp disse...

Po, maluco... vc volta a escrever no blog e nem avisa os amigos??? rsrsrs

To brincando! Cara, gostei desse personagem!!!

Marcel Camp disse...

E esqueci de falar que, é pra vc ver... muita gente esquece que já tivemos um SUPER HERÓI BRASILEIRO nos quadrinhos!!!

E muito bem desenhado por sinal. Fiquei até com vontade de ler as revistas dele, sério!

O Ruminante disse...

Porra, quando eu era moleque meu pai me comprou uma fantasia do capitão 7 (decada de 80). Eu não fazia ideia de quem era até hoje.

Valeu mesmo.

Rod Tigre disse...

O buraco é mais embaixo... http://bandasetevidas.blogspot.com.br/2014/01/aqb-acao-dos-quadrinhos-brasileiros.html